10 setembro 2013

Resenha: Jogando Xadrez com os Anjos - Fabiane Ribeiro

Inglaterra, 1947. A Europa encontra-se devastada pela Segunda Guerra Mundial, assim como o coração de Anny. A garota de oito anos vê seu mundo desmoronar ao receber a notícia de que não poderá mais viver com os pais e terá que se mudar de casa levando pouco mais que seu tabuleiro de xadrez. Tudo parecia um pesadelo, até que surge Pepeu, um jovem misterioso que mudará para sempre a vida de Anny, levando-a a aprender sobre o mundo e a viver momentos emocionantes sem sair dos canteiros de seu pequeno jardim. Ao lado de anjos que são colocados em sua jornada, a doce menina aprende a enfrentar as dificuldades através de lições de abnegação, fé e amor verdadeiro.

Skoob




A resenha de hoje é de um livro nacional muito tocante, Jogando Xadrez com os Anjos escrito por Fabiane Ribeiro é um livro repleto de ensinamentos.

No livro conhecemos Anny, uma garotinha de apenas sete anos que mora em uma mansão na Inglaterra, e vive praticamente sozinha já que o emprego de seus pais exige que eles viagem muito e retornem para casa apenas uma vez por semana para ficar com ela.

Mas Anny nunca reclama apesar da saudade que sente dos pais, da solidão que a acompanha e sem ao menos saber no que seus pais trabalham, Anny fica feliz com o que tem e Agradece sempre ao “PAPAI DO CÉU” por tudo. O pai de Anny que é bem mais amoroso que sua mãe sempre traz presentes pra ela das suas viagens e o preferido de Anny é um jogo de xadrez mais lindo de todos feito de cristal com qual Anny aprende a jogar sozinha para mostrar ao seu pai o quanto ela é dedicada.
Ir atrás de tudo o que se quer, é ir atrás do Papai do Céu. Lá vive Ele, junto de nossos sonhos. Se não arriscarmos, Ele permanecerá sempre distante – completou a menina que muito entendia sobre os sonhos.”
Mas alguns anos após a guerra, o trabalho misterioso dos pais de Anny fica cada dia mais requisitado o que forçam a viajar ainda mais podendo visitar a garotinha apenas uma vez por ano. Sendo assim a única solução encontrada pelos pais de Anny para que a garota não ficasse todo esse tempo sozinha e corresse algum risco foi pagar uma grande quantia a Jane sua professora domiciliar para levar a menina para sua casa e cuidar dela durante a ausência deles.
"Retribua coisas ruins com pensamentos e ações positivas, assim tudo de encaminhará para a melhor solução e seu mundo continuará lindo e vibrante."
Mas Jane não é nada amorosa e cuidadosa, faz Anny cuidar da casa, á castiga muito proíbe a garota de sair de casa e a pequena sofre ainda mais, mas nunca se queixa, pois não pode se dar ao luxo de aborrecer Jane e ser expulsa da casa onde seus pais voltarão para vê-la, ela os AMA demais.

A partir daí, Anny pede ajuda a “PAPAI DO CÉU” para ser forte e suportar tudo por amor a seus pais que voltam sempre assim que começa a nevar, com a companhia de Pepeu seu fiel amigo e companheiro no Xadrez ela cresce mantendo a inocência de criança e trasbordando amor por onde passa.
"Nada é impossível, nada é difícil o bastante, nós que dificultamos tudo com nossas palavras amargas e nossos corações fechados. É importante nunca perder a esperança e jamais deixar de acreditar. Quando tudo está contra nós e as chances parecem não surgir, aí é hora de lutar. E é nesses momentos que as grandes conquistas são alcançadas."
Confesso que demorei a me envolver na historia, mas depois de alguns capítulos a leitura flui sem problemas. Anny é muito sofrida, nunca imaginei quem alguém pudesse sofrer tanto, isso me irritou no começo, mas depois as coisas melhoram para ela e a historia fica melhor.

Durante o livro a pequena garotinha nos passa mensagens superimportantes, mensagens que muita gente vivida por ai não conseguiu aprender. Ela nos mostra as varias faces do amor, a beleza do perdão, a força da oração, o poder dos sonhos e muitas outras coisas, me emocionei muito com a pequena Anny.

O livro além de ser um drama e ficção também possui uma pitada de espiritismo, trata da vida pós morte com uma delicadeza bem apropriada.Gostei bastante da historia em geral, e por ser o romance de estreia de Fabiane achei muito rica sua narrativa, o livro em terceira pessoa foi perfeito por haver bastante personagens e assim podemos conhecer cada um mais de perto.
"E o mais importante, Anny sabia que não era preciso estar perto para ser amigo, não era preciso estar junto para saber que se ama."
O único ponto negativo para mim foi que Fabiane chegou a ser repetitiva em alguns momentos o que me incomodou um pouco e retardou a leitura, mas eu não desisti e o livro acabou me surpreendendo.

Anne também tem um Reino Xadrez que ela visita em seus sonhos muito importante para o desenvolvimento da historia, uma parte inocente sonhadora e muito bela do livro.

Recomendo o livro para quem gosta da inocência das crianças e acredita que muitas vezes elas têm muito mais a ensinar do que a aprender. A capa do livro é muito bonita e retrata perfeitamente a historia, as paginas são amarelas e o tamanho da letra é bem confortável.

Leiam e aprendam com Anne a amar intensamente sem cobrar nada em troca.


14 comentários:

  1. Eu conheço esse livro há bastante tempo e a Fabi é um amor de pessoa, adorei a nova versão do livro, a Universo teve muito cuidado com a capa e tudo mais. Espero ler logo o livro.
    Uma pena que a história torne-se repetitiva, mas que bom que depois de um tempo a leitura fluiu bem para você, espero que flua pra mim também!
    Beijos

    Camila Leite
    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.com

    ResponderExcluir
  2. Eu acho o título e a temática desse livro simplesmente demais!!!

    ResponderExcluir
  3. eu não sei se leio o livro
    sei lá ele não me chama atenção sabe

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    tb achei esse livro lindo, mas muito triste. Não é muito bem o tipo de leitura que aprecio, mas não tira a beleza do livro.

    Bjos

    http://blog.vanessasuseroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiiiiiiiii
    adorei o nome do livro, me deixou mt curiosa!
    Qro ler!


    Bjooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Jaque!!! Olha eu aqui!!! rs... lindo seu blog!!! Não conhecia esse livro, mas achei a temática fantástica!!! Já assinei o feed para poder acompanhar as postagens e aparecer aqui mais vezes.

    Um super beijo!!!

    Vivian

    http://vitrinedepromocoes.blogspot.com.br/

    e

    http://saletadeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? :)
    Eu adoro a Fabiane, mas detestei o livro, infelizmente. :(
    Não gostei da protagonista, muito infantil e muito conformada. Não conseguia gostar dela e isso fez com que o enredo ficasse péssimo para mim.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  8. Ganhei esse livro hoje da minha avó...

    ResponderExcluir
  9. Não sei se foi falta de atenção minha, porem não entendi se o Pepeu era um amigo imaginário ou realmente ele existia na vida dela, isso me deixou um pouco confusa.

    ResponderExcluir
  10. Adorei o livro, é super emocionante, porem não sei se foi falta de atenção minha, mas fiquei confusa sobre Pepeu, ele realmente existia ou era um amigo imaginário dela.??

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito do nome do livro, e pelo sua resenha me interessei mais ainda, estava com medo de comprar e no fim ter gastado dinheiro a toa, mas vou me aventurar nesse historia e espero que ela seja boa pra mim como foi pra você! Beijos

    Visite:
    http://minha-revolucao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Queroo mt ler esse livro! mais o problema é que ñ tenho cartão de credito, e n achei nem um sait que de de baixar!
    se alguém souber de algum sait!!

    ResponderExcluir
  13. gostei muito do livro ganhei de uma amiga de trabalho comecei a ler muito bom deixo os meus parabéns {Fabiane Ribeiro}.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita, volte sempre! =)